5 vantagens do Business Process Outsourcing (BPO) 

O termo Business Process Outsourcing (BPO) pode até parecer de difícil compreensão, mas a explicação é bem simples. Trata-se da contratação por uma organização de uma segunda empresa para que ela administre os processos de uma área específica. 

Parece bastante com a terceirização, mas há uma diferença fundamental. Enquanto a terceirização cuida de processos de um nível de complexidade mais baixo (como a limpeza ou a portaria, por exemplo), o BPO cuida de questão consideradas mais estratégicas. 

É muito comum hoje em dia que as empresas tenham trabalhando para si profissionais de TI, de contabilidade ou cuidando da gestão do patrimônio, sendo que esses especialistas são na verdade parte de uma empresa de consultoria.  

Esse modelo de gestão tem vantagens, e o Blog da Integrade Consulting elencou os cinco principais benefícios. Siga a leitura e descubra como a sua empresa pode tirar vantagem do Business Process Outsourcing. 

Leia também! Conheça as diferenças entre Outsourcing e terceirização 

Conhecimento nunca é demais  

Dentro de cada empresa há especialistas dos mais diversos, que têm alto grau de conhecimento dentro do core business da organização. Por exemplo, em uma indústria certamente há especialistas no maquinário, no sistema de produção e para a venda do produto fabricado. 

No entanto, esses mesmos especialistas dificilmente terão também a expertise necessária em outras áreas do conhecimento para fazer uma mais perfeita gestão de tecnologia da informação, a gestão do patrimônio, entregar cada uma das demonstrações contábeis sem erros e até nas questões de logística.  

É justamente aí que entra a primeira grande vantagem do Business Process Outsourcing. Com ele a empresa traz para si todo o know-how dos mais diversos especialistas, enquanto os seus próprios colaboradores podem seguir focados nos processos nos quais eles fazem a diferença.  

Leia também! Como aproveitar a expertise de parceiros no Outsourcing Patrimonial 

Respeito pelos recursos 

Note que ao ter uma consultoria com o conhecimento necessário para otimizar os processos, eles tendem a ser mais enxutos e eficazes. É aqui que cai uma falsa impressão que muitos gestores têm.  Na verdade, o outsourcing é um investimento, e não um gasto a mais. 

Explicando melhor, com profissionais mais qualificados em processos específicos há um melhor aproveitamento dos recursos, sejam eles físicos, pessoais ou financeiros. No fim das contas, o BPO representa respeito pelos mais diversos recursos que a empresa tem.  

Leia também! O que é o Outsourcing e quais são suas vantagens? 

Otimização do uso de ferramentas 

Há um erro muito comum na gestão de diversos negócios que também é facilmente superado quando há uma parceria com uma consultoria de qualidade: a subutilização de ferramentas. Isso significa que a empresa faz um investimento em uma determinada tecnologia, mas não tem o conhecimento necessário para usá-la em toda sua potencialidade. 

Um bom exemplo disso é o ERP, um sistema projetado para otimizar a gestão centralizando informações, disponibilizando-as em tempo real, oferecendo a oportunidade de rastreamento de recursos, de centenas de combinações de dados e muito mais, de forma prática e segura. 

Até por oferecer tantas possibilidades, muitos gestores não conseguem atingir todo o potencial desse tipo de ferramenta, e nessa hora contar com uma consultoria especializada é a melhor opção. 

Leia também! Conheça o G3stor, o ERP Integrade perfeito para sua gestão 

Respostas no tempo certo 

Se você é gestor, sabe bem o quanto ter as melhores informações à mão em tempo real pode fazer toda a diferença na tomada de informações. Você precisa liderar todo um processo macro, entender a realidade do mercado que muda a cada dia, conhecer fornecedores, ter uma visão ampla do RH, conhecer maquinários, técnicas de vendas, relacionamento com clientes e muito mais. Então como encontrar tempo para, além de tudo isso, “garimpar dados”. 

Contar com uma boa consultoria trabalhando, por exemplo, no controle do patrimônio, é ter a certeza que profissionais altamente capacitados estão em busca dos melhores dados para embasar as suas decisões. Isso significa um tempo de resposta muito melhor nas suas tomadas de decisão, ou seja, uma gestão muito mais ágil. 

Leia também! Outsourcing patrimonial reduz o tempo de resposta da gestão 

Eficiência nunca é demais 

Fechando a nossa lista de vantagens do Business Process Outsourcing: o aumento de eficiência. Conhecimento reduz (e muito) a possibilidade de erros durante a execução de processos.  

Quando há profissionais amplamente especializados, que conheçam a fundo os processos pelos quais são responsáveis, é fácil imaginar que eles trarão uma maior eficiência para a área na qual atua. Contar com os melhores players é certeza de melhores resultados. 

Leia também! Investir em Outsourcing para Controle Patrimonial é uma boa ideia 

Integrade Consulting é a solução na medida certa para você 

A Integrade Consulting é uma consultoria com ampla experiência em processos de gestão patrimonial, com soluções que podem ser usadas  pela sua empresa imediatamente, e que conta com profissionais especializados, com estratégias e softwares modernos e eficientes.  

Ainda tem dúvidas sobre o BPO? Entre em contato com um dos nossos especialistas agora mesmo. 

Outsourcing patrimonial reduz o tempo de resposta da gestão

outsourcing

Complicado? Nem tanto! O outsourcing significa contar com profissionais de fora da empresa para que as especialidades deles sejam usadas em prol da melhoria dos processos internos. Por isso é tão comum encontrar serviços de outsourcing em diversos processos, como tecnologia da informação, direito, comunicação e, é claro, o controle patrimonial.

Usar a expertise desses profissionais pode ser visto como apenas mais um gasto. No entanto, um gestor que consegue enxergar mais longe logo percebe este serviço como um investimento, uma vez que há ganho de produtividade, de assertividade nos processos e melhoria nos processos.

Tudo isso significa um enorme diferencial competitivo e, quando bem usado, pode levar a um aumento dos lucros.

Mas de forma mais clara, como se dá a redução no tempo de resposta da gestão com o uso do outsourcing de processo? O Blog da Integrade vai se aprofundar nessa questão para que você tenha também a chance se obter esse importante diferencial competitivo.

Leia também! O que é o Outsourcing e quais são suas vantagens?

Outsourcing patrimonial: otimizando o uso dos bens

Se você é empresário ou gestor, sabe que essa não é uma posição fácil em qualquer empresa. A pessoa que lidera todo o processo precisa ter um olhar macro afiado para diversas operações. É necessário entender do mercado, conhecer fornecedores, ter uma visão ampla do que é o RH, conhecer processos de produção, maquinário, técnicas de vendas, relacionamento com clientes e muito mais.

Entre esse “muito mais” está o controle patrimonial. Qualquer empresa, mesmo aquelas de pequeno porte, tem o seu patrimônio. Entender como otimizar o uso desses bens, orçando com inteligência os gastos e minimizando o impacto do uso desses recursos é um dos objetivos do controle patrimonial.

O ativo imobilizado (o conjunto dos bens acima de 1.200 reais que a empresa possui) precisa ser controlado também nos pareceres contábeis, seguindo as regras da Lei 11.638. A não observância dessa obrigação legal pode gerar sanções do Fisco contra a empresa.

Além disso, há também uma questão de segurança. Uma empresa que tem o perfeito controle dos seus bens inibe a ação de eventuais colaboradores mal intencionados que porventura queiram desviar ferramenta importantes para a organização.

Leia também! Investir em Outsourcing para Controle Patrimonial é uma boa ideia?

Outsourcing patrimonial e seus impactos na gestão

Se de um lado temos um gestor que tem que se preocupar com inúmeros processos, e de outro temos a necessidade de controlar o patrimônio (uma atividade realmente complicada e que tem tanta importância e vantagens competitivas), por que não oferecer a este gestor uma equipe com a expertise necessária para lidar com essa questão?

Trazer estes especialistas para assessorar a gestão é a premissa do serviço de outsourcing patrimonial. Esses profissionais conhecem a fundo o processo, sabem quais são as melhores ferramentas e como usá-las.

Com este tipo de serviço, há o aperfeiçoamento dos processos internos, o uso mais correto das tecnologias existentes no mercado, aumento de resultados e produtividade e a perfeita adequação das atividades segundo as leis e normas vigentes do segmento de mercado que a empresa atua.

Resumindo tudo isso, os profissionais de outsourcing de processos ficam à frente do processo do controle dos bens, levando para a gestão os dados mais concretos sobre essa atividade. Dessa forma, o gestor tem sempre as informações mais atuais e corretas para tomar decisões mais assertivas.

Isso significa um ganho de tempo, respostas mais rápidas e corretas às questões estratégicas que envolvem a empresa. Como sabemos, esse tempo de resposta é muitas vezes a diferença entre um bom negócio e uma oportunidade perdida.

Leia também! Como determinar a taxa de depreciação do ativo imobilizado

O melhor controle patrimonial

Uma vez que a gestão está levando profissionais externos para dentro de uma atividade estratégica da empresa, essa relação precisa de um alto grau de confiabilidade. Saber escolher um parceiro que tenha as melhores condições para prestar esse tipo de serviço é ima necessidade.

Por isso, uma pesquisa de mercado se faz necessária. É preciso conhecer a consultoria que será responsável por esse processo para evitar percalços no caminho do melhor controle patrimonial.

A Integrade Consulting é uma consultoria com ampla experiência no controle patrimonial de parceiros. Nossos profissionais são especializados, têm estratégias e softwares modernos e eficientes e trazem as melhores soluções para a sua gestão de patrimônio.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Entre em contato com um de nossos especialistas agora mesmo e aperfeiçoe o controle dos seus ativos.

Outsourcing e terceirização, Conheça as diferenças

diferença-entre-outsourcing-e-terceirização

Você conhece a diferença entre outsourcing e terceirização, embora talvez nunca tenha pensado muito bem nela. Ambos os conceitos têm uma mesma premissa, trazer mão de obra externa para dentro da empresa.

Contudo, outsourcing e terceirização também têm diferenças gritantes em especial sobre o grau de especialização dessa mão de obra.

Primeiramente, a terceirização se dá em atividades muito importantes para a empresa, no entanto não são funções de que mexem com a estrutura da empresa a nível estratégico.

No momento em que essa busca por profissionais externos traz para dentro da empresa profissionais que atuam em um nível mais profundo, que completam o know-how estratégico de uma organização, esse serviço se chama outsourcing.

Ainda não está claro? Não se preocupe! O Blog da Integrade Consulting vai a fundo nesses conceitos e mostra porque eles são importantes e podem trazer benefícios para a sua empresa. Acompanhe!

Terceirização: profissionais externos de grande importância

Não apenas o trabalho realizado por funcionários terceirizados é importante, como também é fundamental para o dia a dia de qualquer empresa.

Na terceirização, a organização traz funcionários para dentro de seus limites que não vão mudar o futuro dos processos internos, mas que vão dar melhores condições de trabalho para as pessoas que atuam em áreas mais estratégicas.

Sendo assim, a terceirização trata de funcionários com menor grau de especialização. Dessa maneira, eles não têm poder de decisão sobre os processos, mesmo assim não há como negar sua importância.

Serviços de portaria, segurança e limpeza estão estre os principais focos da terceirização. São funções que não requerem grandes conhecimentos técnicos, no entanto definitivamente são de grande importância para qualquer empresa.

É claro que o gestou pode optar por criar equipes nessas áreas que façam parte do quadro de funcionários, mas em geral é bem mais proveitoso terceirizar essas funções, trazendo técnicas externas para que os colaboradores possam manter o foco no que realmente importa, o core business da empresa.

se inscreva em nosso boletim informativo

Mantenha-se informado e aprenda com os melhores

Outsourcing: profissionais de importância estratégica

Por outro lado, há situações em que essa mão de obra externa vem tem técnicas muito mais sofisticadas e fazem diferença em nível estratégico. É este o caso do serviço de outsourcing.

Por exemplo, na área da contabilidade. Nem toda empresa tem um departamento constituído para cuidar desse ramo, fazendo desde o planejamento fiscal, passando pelo controle do patrimônio, gestão financeira, recursos humanos, entre outros.

Outro bom exemplo de outsourcing é na área de TI. A Tecnologia da Informação faz todo o suporte tecnológico e ainda pode sugerir novas e modernas soluções que são diferenciais de produtividade. Hoje não há como garantir eficiência sem soluções tecnológicas adequadas.

Por mais que um ou outro colaborador seja bom nessas áreas, a contratação de uma consultoria que preste outsourcing de processos em TI, em controle patrimonial, gestão fiscal ou qualquer outra área do conhecimento pode trazer muitos benefícios para a empresa.

Por que usar o outsourcing?

Da mesma maneira que a terceirização é uma forma de manter o foco dos colaboradores no core business da empresa (pode ser venda, fabricação e produtos, prestação de serviços ou outros), o outsourcing “alivia” os funcionários de funções muito específicas.

O outsourcing de processos de negócios, tem se tornado cada vez mais estratégico para empresas que buscam eficiência para suas atividades meio. Para muitas empresas, as burocracias e tecnicidades do dia a dia são empecilhos que travam a produtividade e complicam todo o funcionamento natural da empresa.

Já que nem toda a equipe é especializada em lidar com esse tipo de situação e essas dificuldades podem aumentar com o passar do tempo, criando um problema considerável.

No momento em que se encontra um parceiro que tenha a expertise para lidar com situações que não são naturais para os colaboradores, a empesa tem dois ganhos: a produtividade interna aumenta porque os funcionários têm um foco mais direcionado, e a qualidade dos serviços que não são naturais à organização cresce, uma vez que ela tem um parceiro (o outsourcing) é especializado nessas demandas.

Converse com especialistas

O primeiro passo para fazer o outsourcing e terceirização é encontrar o parceiro ideal, que tenha especialistas com conhecimento de cada etapa desse processo, seja do ponto de vista da tecnologia envolvida ou das regulamentações legais, contábeis e fiscais.

Hoje a internet é uma excelente ferramenta para encontrarmos parceiros para o nosso negócio. Pesquisar sobre a consultoria a ser contratada, entrar em contato com clientes dessa consultoria e entender como o serviço foi prestado (ou ainda está sendo) pode evitar enormes dores de cabeça.

Não deixe também de conversar com outros gestores que sejam amigos seus e que já se beneficiaram pelo serviço de outsourcing. Uma boa conversa “olho no olho” sempre traz mais confiança.

A Integrade Consulting é uma consultoria com ampla experiência no outsourcing patrimonial. Nossos profissionais são especializados, têm estratégias e softwares modernos e eficientes e trazem as melhores soluções para a sua gestão de patrimônio. Saiba mais sobre os nossos serviços e entre em contato com os nossos profissionais agora mesmo.

Entre em contato com um de nossos consultores especializados, agende uma visita comercial para conhecer melhor o que nossos profissionais podem fazer pelos processos e sistemas de sua empresa. Conheça também nossas soluções e viste nosso Site Institucional.

Avaliação de Imóveis Rurais

Imoveis-rurais-avaliacao

A Avaliação de Imóveis Rurais​ é um campo específico da avaliação patrimonial e, como tal, tem suas próprias características, mas o mesmo objetivo: determinar o valor real de um imóvel e nortear uma correta adequação à normas fiscais e contábeis.

Esse tipo de laudo contribui, e muito, para um perfeito controle patrimonial e também é indispensável quando há desapropriação, intenção de compra ou venda, arrendamento, alienação, revisão de tributos e quando o bem é usado como garantia de financiamentos bancários.

Mas quais são exatamente as especificidades envolvidas na avaliação de imóveis rurais, o que ela é exatamente e como funciona?

Se você tem essas dúvidas, o Blog da Integrade Consulting preparou este artigo com todas as respostas. Acompanhe!

O que é avaliação de imóvel rural

A Avaliação de Imóveis Rurais é a realização de um laudo técnico que segue normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Essas normas diferem daquelas usadas para a avaliação de imóveis urbanos, pois a própria legislação trata de forma diferente destes dois tipos de imóveis.
Segundo a Lei n.º 8.629 , de 25 de fevereiro de 1993:

“Art. 4º Para os efeitos desta lei, conceituam-se: I- Imóvel Rural – o prédio rústico de área contínua, qualquer que seja a sua localização, que se destine ou possa se destinar à exploração agrícola, pecuária, extrativa vegetal, florestal ou agro-industrial;”
Ou seja, imóvel rural não é apenas aquele que está no campo, essa definição é voltada para a finalidade do imóvel, e não para a sua localização.

Assim, empresas que trabalham nas áreas citadas pela Lei n.º 8.629 têm a necessidade de realizar o laudo de avaliação de imóveis rurais para o perfeito controle do seu patrimônio.

se inscreva em nosso boletim informativo

Mantenha-se informado e aprenda com os melhores

Como funciona a Avaliação de Imóveis Rurais

Agora que já abordamos o que é a Avaliação de Imóveis Rurais, o que diz a legislação e quem deve buscar esse tipo de parecer, é hora de estabelecer passo a passo como é feito esse parecer.

Em primeiro lugar, o avaliador de imóveis precisa estar bem preparado e conhecer cada uma das etapas a serem realizadas e todas as questões legais envolvidas. As etapas da avaliação de imóveis rurais são:

• Etapa 1 – Definição da finalidade e do objetivo – A preparação do laudo começa ao se definir qual é a sua finalidade (que pode se desapropriação, aquisição, arrendamento, alienação, revisão de tributos, garantia, cisão, fusão, combinação de negócios, aporte de capital, ou outros) e o seu objetivo (busca do valor justo ou valor para compra e venda, por exemplo). Nesta etapa também é estipulado o prazo limite para a apresentação do laudo.

• Etapa 2 – Solicitação da documentação – É quando o avaliador apura e colhe todos os documentos necessários para a realização do laudo de avaliação de imóveis rurais.

• Etapa 3 – Vistoria – Com toda a documentação levantada, o avaliador agora estuda características topológicas, físicas e construtivas, o potencial construtivo do imóvel e também o seu estado de conservação.

• Etapa 4 – Metodologia de Avaliação – Existem diversas metodologias que podem ser aplicadas para valorar imóveis rurais, como método comparativo direto de dados de mercado, método involutivo, método da capitalização da renda e método evolutivo. Todos eles estão presentes na NBR 14.653 da ABNT. Também há métodos diferentes para identificar o custo do imóvel, como o método da quantificação de custo e o método comparativo direto de custo.

• Etapa 5 – Especificação – Por fim, a avaliação é especificada em relação a sua fundamentação (aprofundamento e empenho do trabalho avaliatório), e precisão (características do mercado e da amostra coletada).

A apresentação do laudo de avaliação de imóveis pode ser feita tanto em modelo completo quanto no modelo simplificado.

Ter uma avaliação atualizada do imóvel, seja ele rural ou urbano, é uma forma de, mesmo no âmbito particular, se programar melhor para os gastos inerentes a ele. Ter em mãos o valor atualizado do patrimônio possibilita cálculos mais realistas para a contratação de seguro e melhores condições para um planejamento tributário que não tenha brechas.

Conte com especialistas​

A escolha de um especialista ou de uma empresa de consultoria confiável é fundamental para evitar erros e até sanções ocasionadas por imperfeições no processo. Pesquise na internet e converse com pessoas que já utilizaram este serviço. Essas são duas formas de saber se a consultoria especializada em avaliação de imóveis é confiável e realiza excelentes trabalhos.
Procure ainda saber também se os profissionais especialistas nesta área da consultoria que será contratada possuem todas as certificações necessárias para a elaboração do laudo de avaliação de imóveis rurais.
Somente profissionais que conheçam plenamente os processos de negociação, compra, venda, locação, avaliação de imóveis e de documentação terão as condições de fazer a avaliação perfeita.

Se você ainda tem dúvidas sobre Avaliação imobiliária. Entre em contato com um de nossos especialistas da integrade agora mesmo!

Analista de controle patrimonial

analista-de-controle

(11) 5081-5001 | [email protected]

Analista de controle patrimonial pode ajudar sua empresa

Um analista de controle patrimonial é um profissional especializado na realização de cadastros, classificação, identificação e inventário de bens patrimoniais da empresa, controle de baixas e transferências, no cálculo de depreciação de ativos e na atualização de sistemas do controle de ativo imobilizado.

Se você já encontrou a excelência na gestão da sua empresa, provavelmente conhece as funções descritas acima. Se ainda não conhece, é bom explicarmos a importância de cada uma delas para que você entenda como um analista de controle patrimonial pode ajudar sua empresa.

Ativo imobilizado e Controle do patrimônio

Para entender melhor as funções deste profissional, precisamos primeiramente falar um pouco sobre o controle patrimonial e a sua importância dentro de qualquer corporação.

Imagine que você está em uma fábrica. Seu escritório deve ter um computador, uma mesa, cadeira, poltrona, entre outros objetos. Ele está dentro de um prédio onde também estão as máquinas para a produção. Veículos da empresa estão no estacionamento e certamente há muitos outros bens importantes para o negócio.

Todo este material (incluindo o imóvel) é essencial para que a empresa possa cumprir a sua missão. Ele é chamado de ativo imobilizado. Confira uma descrição mais detalhada:

• Ativo imobilizado - De maneira geral, o ativo imobilizado, é o conjunto de bens que uma empresa possui para manter suas atividades operantes, e de onde ela tira seus resultados econômicos. Além disso, espera-se que o ativo imobilizado seja usado por pelo menos um ano, que ele traga benefícios econômicos à empresa, que possa ter seu custo avaliado com segurança e seu valor seja maior do que R$ 1,2 mil.

Pois bem, cada item do ativo imobilizado passa por depreciação pela ação do tempo e pelo seu próprio uso no dia a dia. Certamente, mais cedo ou mais tarde, ele precisará de manutenção e/ou substituição. Monitorar o momento certo para concertos ou troca de cada peça do patrimônio traz inúmeras vantagens para a empresa.

Os ativos intangíveis também devem constar no controle de patrimônio da empresa e, desde 2007, a Lei 11.638 indica que eles precisam ser alocados como “ativos não circulantes” (com a criação do subgrupo “Intangível” no Permanente). Fazem parte deste grupo marcas, patentes, tecnologias desenvolvidas, direitos autorais, softwares, fórmulas ou receitas, know-how e, claro, a carteira de clientes e os recursos humanos.

Ter um analista de controle patrimonial trabalhando para que essa gestão seja perfeita potencializa as vantagens. Quer saber como? Vamos analisar melhor as funções deste profissional no nosso próximo tópico.

Funções de um analista de controle patrimonial

Cabe ao analista de controle patrimonial fazer a gestão do ativo imobilizado e para isso ele deve seguir alguns passos:

  • Inventário patrimonial – É o início do controle patrimônio. O analista, nesta fase, faz o levantamento do patrimônio, listando cada item e verificando seu estado de conservação.

  • Avaliação dos ativos – Com todos os bens listados, é hora de avaliar o valor justo de cada um, levando em consideração sua vida útil, o valor que pode ser recuperado com a venda de determinado bem e ainda o custo de uma possível reposição.

  • Emplacamento dos bens – Todos os bens recebem plaquinhas de identificação, cada qual com um código de barras. Softwares reúnem todas as informações sobre cada item do ativo imobilizado, de forma a facilitar a gestão do patrimônio.

  • Revisão da vida útil dos bens e determinação da taxa de depreciação - O próximo passo é estabelecer a vida útil e o grau de depreciação de cada um dos itens do inventário. Há regras para o cálculo da depreciação do ativo imobilizado que também está no software de gestão.

  • Teste do Impairment – Neste ponto o analista de controle patrimonial já conhece bem o ativo imobilizado da empresa, mas precisa fazer o teste de impairment, também conhecido como teste de recuperabilidade. O objetivo é verificar se o valor recuperável de cada bem é menor do que o valor registrado na contabilidade (teste normatizado pelas Normas Brasileiras de Contabilidade – NBC TG 01 (R3) – Redução ao valor recuperável de ativos).
  • Como você deve ter notado, este é um trabalho bem específico, que foge do business core da imensa maioria das empresas. Se a sua empresa fabrica e vende um determinado produto, por que se preocupar com estes “detalhes” da gestão? A resposta é simples: porque o controle patrimonial traz grande vantagens! Confira no próximo tópico.

    Vantagens de uma gestão de patrimônio perfeita

    A partir do controle patrimonial perfeito o gestor tem indicadores poderosos para tomadas de decisões mais consistentes. Qual é a melhor hora de fazer a manutenção ou trocar um equipamento? Essa é uma pergunta que o analista de controle patrimonial certamente pode encontrar.

    Além disso, o controle do patrimônio também possibilita a redução drástica de extravio ou mesmo de furtos. Colaboradores mal intencionados se sentirão intimidados ao perceber que a empresa cuida com muito zelo pelo seu patrimônio. A possibilidade de autuações fiscais decorrentes de omissões de receita também cai de forma vertiginosa.

    Para ter uma perfeita gestão patrimonial, a empresa nem precisa ter no seu quadro de funcionários um analista de controle patrimonial. Há a possibilidade de contratar uma empresa que tenha o know-how para assumir essa gestão.

    No posts found!

    Conheça a Integrade Consulting

    A Integrade Consulting é uma empresa especializada em controle patrimoninal e avaliação, com uma solução completa para gestão patrimonial de bens. Entre em contato com um de nossos consultores especializados. E agende uma visita comercial para conhecer melhor o que nossos profissionais podem fazer pelos processos e sistemas de sua empresa. Conheça também nossas soluções e viste nosso Site Institucional.

    Contato

    Para entrar em contato preencha o fórmulário


    ENTRE EM CONTATO CONOSCO

    Quer receber mais informações sobre nossos produtos e serviços?
    Envie suas dúvidas ou solicite uma proposta comercial com a Integrade Consulting.

    Contato

    Para entrar em contato preencha o fórmulário


    Logo_rodapé_desktop

    Integrade

    Av. Adolfo Pinheiro nº 1.000
    Conj. 123 – 12º andar
    Santo Amaro – São Paulo – SP
    CEP: 04734-002
    Fone: (11) 5081-5001

                        Redes sociais

    Logo_rodapé_desktop

    Av. Adolfo Pinheiro nº 1.000
    Conj. 123 – 12º andar
    Santo Amaro – São Paulo – SP
    CEP: 04734-002
    Fone: (11) 5081-5001